• Agência IndBras

Facebook atualiza as Diretrizes sobre o uso da música no Facebook Live e Instagram Live

Uma das orientações dadas pela rede social é o uso de clipes mais curtos, dizendo que faixas gravadas em tamanho real aumentam as chances de serem sinalizadas

Com o aumento das lives e ações ao vivo on line, o uso de músicas sem a autorização devida está se tornando um problema para os ambientes digitais onde as lives são realizadas e a taxa de uso deste tipo de ferramenta (Facebook Live e do Instagram Live) está em constante ascensão desde o início da pandemia e, com a música sendo incorporada em muitos desses vídeos, a rede social atualizou suas diretrizes.

Segundo o post do Facebook: “A música é uma força de ligação em tempos normais. Durante tempos difíceis e isolados como esse, sabemos que isso pode ser ainda mais importante. Como o distanciamento social obrigou todos a se manterem separados, mais pessoas se voltaram para o Instagram e o Facebook Live para ficar conectado com suas comunidades. Esse rápido aumento no uso criou muito de bom durante esta crise - arrecadar dinheiro para trabalhadores da linha de frente e comunidades carentes, conscientizando sobre hábitos saudáveis, incentivando as pessoas a permanecerem seguras, ficando em casa e reunindo as pessoas por meio de novas formas de entretenimento. Mas também destacou algumas confusões em toda a comunidade, especialmente sobre o uso de músicas gravadas no Live no Facebook e no Instagram. ”

Deve ser salientado que não há limites para o uso de música no Facebook Stories e no Instagram Stories, ou quando capturas de músicas tradicionais, como a transmissão de um artista ou banda ao vivo, porém, quanto aos vídeos ao vivo nas duas plataformas, o próprio Facebook recomendou o uso de clipes de música mais curtos, dizendo que os vídeos com faixas gravadas em comprimento total têm maior probabilidade de serem sinalizados.

O Facebook acrescentou que, para evitar que os vídeos se transformem em vídeo clips, eles sempre devem conter um componente visual e não devem ser usados ​​apenas como uma maneira de compartilhar o áudio gravado.

A rede social afirmou que essas diretrizes são consistentes em todos os vídeos das duas plataformas, ao vivo ou gravadas e em todos os tipos de contas (páginas, perfis, contas verificadas e contas não verificadas).

As músicas licenciadas do Facebook estão disponíveis em mais de 90 países, mas as músicas gravadas podem não estar disponíveis para uso em vídeos de países que ainda não são suportados.

A rede social também reiterou que sua coleção de sons oferece uma biblioteca de músicas personalizadas e efeitos sonoros disponíveis para todos, sem nenhum custo, com milhares de faixas de gêneros, incluindo country, hip-hop, jazz e pop.

Fonte: Adweek.com – 20maio

Imagem de <a href="https://pixabay.com/pt/users/Simon-3/?utm_source=link-attribution&amp;utm_medium=referral&amp;utm_campaign=image&amp;utm_content=76532">Simon Steinberger</a> por <a href="https://pixabay.com/pt/?utm_source=link-attribution&amp;utm_medium=referral&amp;utm_campaign=image&amp;utm_content=76532">Pixabay</a>


1 visualização0 comentário